Vivências - Terapia Regressiva Vivencial

Medo da Crítica


campo concentraao

 

P-Estou vendo uma casa de campo! Alguém entra nesta casa, não consigo ver quem é    ele esta assassinando os meus pais!

T- Quem é você ai?
P- Sou um menino de mais ou menos oito anos de idade.

T- E o que você sente neste momento ai?
P- Eu fico paralisado, assustado, muito assustado, eu vejo minha mãe ser morta, ela
     grita e eu estou aqui debaixo da cama quieto paralisado. Esse homem entra no quarto, com passos fortes, ele procura mais alguém, eu fico com muito medo.

T- E ele encontra mais alguém?
P- Não depois de certo tempo ele vai embora. Eu estou muito assustado com tudo que aconteceu aqui, não entendo, porque ele matou meus pais?

T- E durante quanto tempo você fica ai?
P- Algum tempo paralisado, e quando eu saio, vejo os meus pais no chão da cozinha.

T- O que sente ai, neste momento?
P- Eu fico paralisado, sinto raiva, muito ódio, eu saio e peço ajuda para alguém que
 passa na estrada.

T- E daí este alguém te ajuda?

P- Sim ele enterra os meus pais e eu vou junto com ele para uma cidade.
T- Como é esse lugar?
P- Ë um vilarejo.

T- E daí?
P- Eu fico na casa deste senhor, e com o tempo começo ajudar ele.

T- E daí o que ocorre com você, mais algum fato relevante?
P- Sim me vejo com 40 anos num campo de concentração, acho que sou um general  talvez, eu vejo muitas pessoas sendo presas.

T- E o que sente ai?
P- Muito ódio dessas pessoas que foram capturadas, eu maltrato essas pessoas, é um ódio imenso que sinto, peço aos soldados para que essas pessoas se deitem, 
muitas imploram, mais não sinto nada por elas. Eu falo para se calarem, eu tenho muito ódio, sangue frio.

T- Prossiga na cena!
P- Mando os soldados levarem para uma cela e jogar fogo, eu vejo essas pessoas
 sendo queimadas.

T- E por qual motivo sente ódio?
P- Eu vingo os meus pais, sinto prazer, são muitas pessoas.

T- E durante quanto tempo faz isso?
P- Muito tempo tendo prazer em matar.

T- E daí prossiga.
P- Eu estou caminhando e um dos presos consegue escapar, corre na minha direção, 
ele está armado com uma faca, eu grito, peço ajuda, mais não dá tempo, ele chega e me agarra pelo pescoço, e enfia uma faca na minha nuca. Eu caio de joelhos, estou sangrando.

T- Que sentimento você leva com você na hora da morte?
P- Arrependimentos não vêm mais nada só um clarão.


Terapeuta
De tudo o que você vivenciou aqui, qual o momento mais traumático?

Paciente
Foi ter carregado a imagem dos meus pais sendo assassinados, isso me gerou muita raiva, muito ódio.
Eu vivi querendo vingança, eu me tornei uma pessoa muito fria, um coração de pedra, senti ódio por todas as pessoas.
Hoje tenho muito rancor ainda quando coisas me acontecem.


Redecisão

Hoje me aproximo das pessoas, sentido segurança e confiança nas minhas relações”

Copyright © 2011 .:: Vivências - Terapia Regressiva Vivencial ::. Todos os direitos reservados.
Designed by O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Powered by Joomla! and T3 Framework.